domingo, 30 de setembro de 2012

Eu não tenho facebook.



Vez ou outra eu assumo algumas escolhas que as pessoas não conseguem entender. Uma dessas escolhas é não ter uma conta no facebook. O mais engraçado disso tudo é a indignação das pessoas ao saber desse detalhe sobre mim.
A verdade é que não faço isso para chamar atenção, ou para pagar de diferente. Eu não tenho facebook. Poderia listar aqui muitos motivos para essa decisão.
Não vou negar que muito se ganhou com o advento da internet, mas também muito se perdeu na vida. Coisas simples como por exemplo as brincadeiras de criança tomaram rumos que, analisando amplamente, somos culpados por ter extinguido a infância verdadeira. Privamos nossas crianças de banalidades que antes, todos nós passávamos.
Subir numa árvore, fazer seu próprio brinquedo, imaginar. Serão as crianças de hoje, adultos incapazes de passar meses, horas, longe da grande rede de computadores? Ontem foi no Orkut, hoje, no Facebook. A exposição a que estamos nos submetendo também é um dos fatores que mais me preocupam.
O que quero dizer é que não preciso expor todos os detalhes do meu dia para ser mais ou menos legal, e digo mais: o ser humano está ficando mais exibicionista. Queremos provar que a nossa grama é mais verde que a dos nossos vizinhos. E não é culpa do senhor Zuckerberg, isso só ficou pior ultimamente, mas sempre nos acompanhou.
Não preciso dar bom dia todos os dias para os meus amigos para que eles saibam que eu realmente desejo isso para eles. E mais: não preciso do facebook para isso também. Não preciso encher a página inicial dos meus amigos com as minhas atividades recentes (leia-se: bebedeiras, romances, viagens, objetos de desejo) para que meus amigos lembrem que eu existo!
Amigos de verdade sabem que às vezes é preciso sentir um pouco de saudade, dar um certo espaço para manter uma relação saudável. Acredito que, para piorar, ao expor todos os detalhes felizes da minha vida, eu posso também atrair vibrações negativas, porque, nem sempre as pessoas que nos adicionam nas redes sociais são amigos e querem o seu bem. A inveja é uma consequência do exibicionismo.
Além do mais, se meus amigos quiserem compartilhar comigo o que eles estão curtindo no momento, eles podem e vão vir naturalmente me dizer.
Não consigo citar nenhuma pessoa que eu acredite que tenha mais que 10 amigos de verdade. No entanto, posso citar muita gente que tem mais de 100 amigos no facebook. Na verdade, as pessoas com as quais convivemos podem até não nos querer mal, mas também não significa que isso as faz delas amigas.
São colegas, que, apesar de estarem presentes na nossa vida, não precisam saber de muita coisa para termos uma relação bacana. Deste modo, não preciso ter um número exorbitante de amigos. Basta que eu tenha um, e este seja amigo de verdade.
Outro motivo pelo qual não tenho facebook é o respeito à minha singularidade. Desde que me conheço por gente não preciso seguir tendências para me afirmar "igual" aos outros. Eu ainda não senti necessidade de estar no facebook, e essa é uma decisão só minha. Associar-me ao facebook por pura pressão social não me parece respeitoso comigo mesma. Compreende?
Aí é que entra o respeito. Não é minha intenção aqui, criticar quem possui um perfil no facebook. Graças a Deus temos liberdade de expressão e somos diferentes! Eu quero é justificar porque eu não tenho uma conta na rede. Desta forma, ao respeitar a escolha das pessoas de terem facebook, eu espero somente que respeitem a minha escolha de não ter.
Quando me perguntam por que eu não tenho facebook, eu procuro responder "eu não ainda não preciso dele, sempre que acontece algo realmente interessante lá, as pessoas vêm me contar!". E sinceramente? Acho isso ótimo! Assim não fico tão por fora do que acontece por lá, e atrevo-me a dizer que, com essa simples atitude, venho conversando com muitas pessoas que antes não conversava. Quer saber? Talvez essa seja a minha estratégia para socializar. Só que eu socializo pessoalmente, e as outras pessoas, virtualmente.
Aos amigos distantes, vocês sabem meu e-mail, celular e endereço. Sintam-se livres para entrar em contato!

Não vou dizer que nunca vou ter um perfil no facebook. Vou dizer apenas: ainda não.

Fiquem à vontade para comentar.

------------x-----------

Atualização 29/12/14
Sinto informar aos ávidos leitores que vinham aqui procurar alguém que de fato, não tinha facebook. Mas por pura pressão social hahaha e por certa curiosidade, hoje em dia, eu tenho um facebook!  Entretanto, continuo pensando assim, por isso não excluí o post!
Atualização 26/01/17
Fico muito feliz em saber que muita gente ainda se identifica com esse meu texto. É fato que hoje em dia eu tenho uma conta da rede social, mas eu continuo achando absurdo o nível de exposição que as pessoas se submetem. Venho aqui atualizar com carinho hoje, pois temos recebido comentários que acrescentaram valiosas opiniões aqui no blog. Obrigada! Eu uso o Facebook, ainda com parcimônia, desativo a conta de tempos em tempos para me distanciar do exagero, da dependência, e assim vivo, mantendo contato com os amigos, e vendo os lados positivos, por exemplo, uso muito o Facebook para estudar, e fazer simulados de provas de concursos. Tudo tem seu ponto positivo! Beijos, amigos.

35 comentários:

  1. Irmã querida!
    Te respeito!
    Fico orgulhosa de saber que você tem uma personalidade e tanto! Não são todas as pessoas que entendem isso, mas pode ter certeza que as que entendem são as que realmente importa.
    Te amo muito.
    Dica: celular?! só se for pra mensagem, né?! kkk

    ResponderExcluir
  2. Holaa, eu tbm não tenho facebook, o lado do exibicionismo tbm me altera ,é fútil.Masss como tudo tem o lado bom acho válido é super útil quando eles se comovem em milhares de pessoas para fazer uma boa ação. isso eu aprovo, agora o resto descarto.E tbm prefiro conhecer pessoas como elas realmente são, ao vivo e cores.Um abraço para vc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer fazer uma boa ação? Existem inúmeras formas presenciais de se ajudar alguém, de se apoiar uma causa, que definitivamente não perpassam pelo Facebook. Ações falam mais do que palavras. Existe vida fora daquilo!

      Excluir
    2. Guria achei o maximo isso no inicio eu fiz um perfil mas depois comecei a ver o veneno q era. As pessoas sem limites com briguinhas cada qual querendo ostentar mais , eu deletei e não si nto falta.

      Excluir
  3. Muito obrigada pela visita e pelo comentário! Sempre existem lados positivos mesmo nessas mídias sociais, mas pra mim, os contras ainda estão pesando mais na balança. Conhecer as pessoas ao vivo é bem melhor mesmo! Um abraço, e obrigada, mais uma vez. Volte sempre.

    ResponderExcluir
  4. Laíse,
    Seu grau de esclarecimento sobre o assunto me impressionou. Parabéns. Assino embaixo suas opiniões sobre o facebook. Também não tenho. Tenho blog. Quando tiver um tempo, faça uma visita: http://cedrummond.blogspot.com
    Abraços,
    Drummond

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! A Sua visita é sempre bem vinda. O Facebook é o meu assunto preferido, para avaliar seus lados bons e ruins. Qualquer dia desses faço um outro post sobre o assunto. Eu visitei o seu blog e realmente é muito interessante! Abraços.

      Excluir
  5. Eu não tenho Facebook e não tenho a mínima pretensão de ter. Dá para viver sem? Opa! Evidente que dá. "Você fala isso porque está de fora e, assim, não consegue avaliar direito o que está perdendo", disse-me um amigo esses dias. Vem cá: perdendo o quê? Carregar 200 pessoas no meu perfil e só ter contato verdadeiro com dez? Fazer média com os outros 180 fantasmas? Cuidar da vida alheia? Aturar a curiosidade vazia dos outros a respeito da minha vida? Postar frases e plaquinhas bonitinhas para ganhar babação de ovo? Receber mensagens de feliz aniversário de pessoas que não vejo há mil anos-luz? Estou fora! E vamos parar com esse "mimimi" que tudo não passa de "distração", porque não é! Fora que tudo no Facebook toma uma proporção muito maior do que realmente é: lá, o churrasquinho na casa do amigo no final de semana se torna um mega evento, o livro que fulano leu o transforma na pessoa mais culta do mundo... blá blá blá; lá, todo mundo é feliz, todo mundo é bem sucedido, todo mundo é "antenado", "descolado" (eita palavrinhas odiosas essas), viajado, bem relacionado... Ou seja: vidas que aparentam ser uma coisa e que, na verdade, não são bem assim. Confesso que quase embarquei nessa, mas continuo resistindo: não tenho Facebook, tenho o direito de não ter, não pretendo ter, quem quiser me conhecer vai ter trabalho e, caso não queiram se dar ao trabalho, paciência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela sua colaboração! Sua opinião é muito importante pra mim! Eu concordo que não preciso dele pra viver, ainda não senti necessidade, como você. Também acho que a maioria das postagens de lá são de futilidades, ou besteirinhas, mas disso a internet no geral também está cheia, é uma pena! Apenas vou dar um pitaco, se me permite: cuidado com o exagero. Tudo na vida tem seu lado bom também. O Facebook pode ser usado para o bem, grupo de estudos, de leitura, de artesanato, correntes de doações... Vamos respeitar também quem usa a ferramenta com boas intenções!
      Muito obrigada! Volte sempre, vamos q vamos. Abraços.

      Excluir
    2. concordo com tudo o que disse,as pessoas são muito falsas e só postam coisas bonitas como se a vida fosse realmente assim,conheco milhares de pessoas que vivem no buraco e no face são as mais felizes do mundo.Pois isso pra mim se chama hipocresia,parabéns pelas suas palavras.

      Excluir
  6. REGIANE MAGALHAES15 de junho de 2013 14:46

    OLá.... Menina,nem te conheço, mas faço suas palavras as minhas... Cheguei até este texto pq todos os dias as pessoas me perguntam: Em que mundo vc vive? Affff só pq nao tenho face... Prefiro ligar para as pessoas que me interessam, tenho poucos amigos, porem todos verdadeiros,sabe? Qual a vantagem de ter 300 amigos virtuais, sendo que na hora do vamo ver a maioria nao estará la? Por eqto nao tenho, mas quem sabe um dia eu abra uma conta.... hahah
    Li inclusive que nao ter face pode ser caracteristica de quem tem algum problema mental... hauhauhau... Sempre desconfiei que eu era meio doida mesmo...
    Beijos, Regiane.

    regianepessoal@bol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre bom saber que não estamos sozinhos nesse mundo! haha, obrigada pela sua visita, e ainda mais pelo seu comentário. Fique tranquila porque não somos doidas, somos apenas diferentes da maioria, né? :D Abraços.

      Excluir
  7. dahora, facebook é destruidor de juventude,e destinos...vo cair fora dessa, beijoo

    ResponderExcluir
  8. Cheguei a abrir uma conta no Facebook,depois de muito ponderar,mas a mantive por apenas umas semanas. Sofri e sofro preconceito por isso. Sim,este preconceito existe. Ouvi um debatedor(num programa de rádio)dizer que quem não tem uma página no facebook é como se não existisse...Hoje mesmo li num site de notícias um psicólogo alemão afirmar que pessoas que não possuem uma página no facebook pode ser um psicopata em potencial ou sofrer de distúrbios mentais... Vivemos numa ditadura digital ? Numa ditadura da felicidade ? É uma opção de cada um. E como toda escolha tem suas responsabilidades e consequências. Fico com as palavras da autora desta postagem. Por enquanto não...

    ResponderExcluir
  9. Laíseee!! Como vai? Que ótimo te encontrar aqui! Não sei se lembras de mim, sou o Thiago Valentin, costumávamos nos falar muito pelo MSN, mas isso já faz muitooo tempo, quase 10 anos talvez... Encontrei em páginas antigas um fotolog que tinha um comentário seu, do link cheguei ao google, a esta página e te achei! Muito bacana! Li seu texto sobre o facebook e achei magnífico, fiquei contente também com o espaço que encontraste aqui para a sua escrita... Concordo plenamente com tudo o que disseste sobre o facebook e, apesar de ter criado uma conta (há menos de um ano), é uma pena que a grande maioria não veja com esse seu olhar crítico o que podem causar essas chamadas "redes sociais", que só contribuem para uma sociedade, ora dita modernizada, mas que se demonstrou ter sido escravizada pela própria tecnologia que o homem defende. Parabéns pelo seu texto! Não sei se seu email continua sendo o do homail, mas eis o meu: thiagovalentin@poli.ufrj.br. Se quiser entrar em contato fique à vontade. Meu blog do wordpress também está aqui no link. =)

    ResponderExcluir
  10. eu tbm não tenho facebook. e quando digo isso as pessoas me olhaam parecendo qi sou de outro planeta e apenas digo. tolos são vcs me olharem assim, sendo qi o facebook é só mais uma rede social que daqui a pouco vai ser como orkut, nadaa!
    e não fico nem um pouco interessada em fazer!

    ResponderExcluir
  11. gostei do post !!! não tenho face !!! qm sabe um dia faça ou qm sabe não,mais não tenho vontade de ter!!!

    ResponderExcluir
  12. É ótimo saber que não estou sou o único a não ser "atraído" e não sentir necessidade alguma de ter algo "apenas" porque todo mundo tem; as redes sociais. Li um artigo outro dia em que um "jovem" não queria mais ter facebook porque muitos "adultos" também estavam fazendo parte e criando suas contas. Ou seja, além de todos os tipos de separatismo, agora tem mais este. As redes são APENAS para jovens;absurdo, não?? Ao mesmo tempo, senti uma ponta de esperança. E como diz uma pessoa num dos comentários acima, assim como orkut, um dia o facebook vai se tornar inútil e esquecido. Ao mesmo tempo me pergunto, preocupado...O QUE VEM DEPOIS???
    Parabéns Laíse, por fazer parte das pessoas esclarecidas e com personalidade própria.

    ResponderExcluir
  13. Laise....Passei dias procurando pela internet pessoas que comentasssem sobre "o não ter uma conta no face" axei que não ia encontrar e estou super feliz ...pq tb penso assim como os seus comentarios e de muitos q aqui escreveram...se exibir pra todos não dá né,enfim...e fora que tudo q faz, uma simples festinha já tira foto pra por no face aiaiai...eu dou risada mas axo tudo isso tão xato...adoro tirar fotos de mim msm,familiares ou de lugares mas era tão gostoso qdo a gente trazia os amigos e familiiares em casa e abria aquela caixa de fotos que tinha tantas historias..hj é tão diferente né temos que se adaptar as novidades...já tive mas prefiro não ter quem sabe um dia né Bjos

    ResponderExcluir
  14. UMA PESSOA SENSATA NÃO PERDE TEMPO COM O LIVRO DOS TOLOS. NÃO TENHO FACEBOOK E NÃO QUERO TER. FORA O SENSO COMUM!!!!!!

    ResponderExcluir
  15. hj mesmo eu estava pensando em criar um facebook pq achava que ele me faria ter mais amigos ou ao menos pela ideia de não ser uma pessoa alienada... mas fiz algumas pesquisas e o seu próprio depoimemto e das demais pessoas que comentaram, me fez ver que alienada eu seria, se criasse um a conta no facebook simplesmente para dizer aos outros que tenho e para fazer o que todo mundo faz.. isso sim seria falta de respeito comigo mesma.. a minha opinião quanto ao facebook é que ele afasta pessoas com a desculpa de aproximar. as pessoas vivem dizendo que basta usar com parcimônia e eu n as julgo por isso, mas a maioria que dá essa moral passa maior parte da vida nessa rede social desperdiçando momentos que poderiam ser reais pelo simples fato de pertencer a rede, de estar online ou até por medo de ser julgado por estar 'fora' do meio virtual! Ao mesmo tempo que ver tal pensamento pequeno me deixa triste (ainda mais por saber q eu quase entrei nessa) fico feliz em saber que tem pessoas que assumem o que querem para suas vidas, ou seja, vivem para si e n como espelho do que a sociedade em si quer que nos sejamos, o facebook é a prova disso. DEVEMOS ABRIR OS OLHOS PARA VER QUEM SAO NOSSOS VERDADEIROS AMIGOS QUANDO Á QUESTAO É O FACEBOOK... SERA QUE SAO AQUELES QUE N CONCORDAM COM A NOSSA ESCOLHA DE NAO TE-LO OU SERÁ Q SAO AQUELES QUE APOIAM NOSSA IDEIA E ATE REPENSAM SOBRE DEIXAR A REDE SOCIAL?? VALE A PENA REFLETIR!!

    ResponderExcluir
  16. quando digo que não tenho face muitos me julgam de "ALIENADO". ALIENADO é quem aceita passivamente tudo que existe, tudo que é imposto pela sociedade, é quem procura fazer parte de coisas que todo mundo tem.. ai de quem ser diferente.. um alienado n pensa com sua cabeça própria, ele deixa o senso comum o guiar, ele n tem opinião, é uma marionete, e o pior, nem percebe o que ta acontecendo! Facebook é uma onda que logo passa, quantos usuários não criaram conta no facebook só pra pertencer à massa?? e quantos q ao criarem e n curtiram a rede social continua a utilizando só para n ficar mal aos olhos dessa sociedade virtual e n real? PESSOAS COMO VC QUE TEM CORAGEM DE ASSUMIR SUAS OPINIOES EM DETRIMENTO DE UM CONCEITO SOCIAL TÃO DISCRIMINADOR FAZEM PARTE DE UM SELETO GRUPO QUE AOS POUCOS TRANFORMA O RUMO DE NOSSA SOCIEDADE... os usuários do facebook podem ainda estar em maior numero, mas se a nossa consciência aos poucos ajudar a abrir os olhos de mais pessoas, já teremos contribuído muito para um mundo melhor e de menos marionetes! Obrigada, beijão

    ResponderExcluir
  17. Olá. Li o seu texto e achei muito bacana a sua opinião. Eu também não tenho face e muitas vezes sou julgado pelo simples fato de não aderir a rede social. Acho muito chato toda a superexposição e demonstração que as pessoas levam. Parece que todo mundo tem uma vida super feliz quando na verdade se bobear dos 1000 amigos que a pessoa tem, as vezes ela não pode contar com nenhum. As vezes me sinto um et, pressionado pelas pessoas com a sua demasiada curiosidade sobre a vida alheia. Muito bom saber que alguém neste mundo também pensa como eu. Obrigado.

    ResponderExcluir
  18. Olá Laíse Moura ... Esse facebook é uma dor de cabeça ... Do que adianta ter 10 amigos no máximo ou menos que isso e o resto dos 300 amigos são todos fantasmas .. E se a pessoa te deu "feliz Aniversário" foi por causa do facebook ... Se ele não existisse ela também não iria saber ... É mais fácil eu mandar um Feliz Natal , páscoa , Ano Novo do que ficar se lembrando das datas dos "amigos" ...
    Esse facebook acaba por distanciar as pessoas e causar "briguinhas" ... Demonstra também a carência das pessoas que querem se mostrar para os outros 24 horas por dia .. Se eu quizer trovar uma mulher ou convidar ela para sair dou um jeito de conseguir o telefone dela .. E assim converso pelo whatsapp no qual é um aplicativo para conversar com a pessoas que me interessam ... Facebook também é uma superexposição e normalmente algo para olhar a vida alheia ...
    NÃO TENHO FACEBOOK !!!!!!





    ResponderExcluir
  19. Verdade! Tinha uma conta no Facebook e aquilo me deixava para baixo. As pessoas mentem demais, jogam indiretas umas para outras, se dizem apaixonadas e felizes o tempo inteiro. Você acaba se sentindo excluído. Como se só você vivesse de maneira esquisita. Mas na verdade muita gente vive na hipocrisia. Ter uma conta no Facebook me fez estudar comportamentos das pessoas. Mas hoje não quero mais isso. Muito chato e tedioso.....

    ResponderExcluir
  20. Sou feliz sem facebook, Graça

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Para mim esta poesia também resume bem tudo isso.
    https://youtu.be/62PBhLFTcuM

    ResponderExcluir
  23. Amei sua explicação do "porque não tenho facebook"
    hahaha
    Eu também não tenho, antigamente eu tinha e sinceramente, agora que não tenho, não me faz falta.
    Também digo que não é porque quero ser diferente dos outros também, eu adoro o fato de conhecer uma pessoa pessoalmente do que virtualmente e também ninguém sabe da sua vida... etc...

    ResponderExcluir
  24. Olá! Eu não tenho Facebook faz uns 3 anos. Antes, eu tinha e vivia postando fotos. Eu ficava muito alegre por ganhar tantas curtidas. Acredito que muitas pessoas são praticamente viciadas em receber curtidas, para se sentirem bem, para aumentar a autoestima. Digo isso por experiência própria. Respeito muito quem posta fotos várias vezes ao dia, e gosta de receber tantas curtidas. Afinal, eu já fui assim. Mas, de uns tempos pra cá, comecei a ficar irritada com isso. Excluí o meu Facebook de vez. Respeito quem tem, e com certeza eu compartilharia seu texto, se eu tivesse Facebook, hahahaha. Bjos!

    ResponderExcluir
  25. Meu colegas tbm me pressionam, mas danem-se! kkkkkkk Sempre invento desculpas

    ResponderExcluir
  26. Eu tbm não uso, mais isso está acabando com a minha relação com minha mulher! Não ligo para oq os outros falam! Muitos ficam espantados quando digo que não uso. Adoro fotografias e só uso o Instagram mesmo assim pouco. Mais vejo não sou sozinho num mundo dependente dessa ferramenta que na minha opinião só afasta as pessoas e cria mais inveja umas as outras.

    ResponderExcluir
  27. Laise, PERFEITO!
    Nunca tive face só uso whatsapp, faço faculdade tenho 26 anos atualmente não namoro mas já tive relaciomentos e sou uma pessoa normal, sou reservado e não tenho saco para futilidades, hipocrisias e falsidades no face. Um abraço vcs não estão sozinhos rçrç

    ResponderExcluir

Oi :) Fico feliz em ter você aqui. Eu adooro comentários! Pode escrever o que achou, vai me ajudar bastante! Obrigada, beijos.