terça-feira, 8 de dezembro de 2009

O que é viver pra você?

Perguntaram-me isso há uns dias atrás, e eu não soube o que responder. Mas sabe como é... Fiquei pensando nessa pergunta. E cheguei à algumas conclusões, gostaria de compartilhar a maioria aqui no blog. Depois de um longo e rigoroso inverno, cá estou eu mais uma vez.
A verdade é que eu não sei o que é viver, mas se viver for mais, eu vou adorar! Mais alegrias, mais calmaria, mais amor, mais sucesso, mais família, mais harmonia, mais esperança, mais oportunidades, mais música, mais abraços, mais amigos, mais conversa, mais sorrisos, mais amigas, mais fotos, mais paquera, mais curtição, mais carinho...
E se for menos, melhor ainda! Menos preocupações, menos roupas, menos acordar cedo, menos provas, menos raiva, menos guerras, menos decepções, menos roupas, menos nuvens no céu, menos falta de tempo, menos cabeça quente...
Saber viver é cair e levantar-se ainda mais forte. É ser amigável com todos, pois nunca se sabe se vamos nos ver novamente. É ouvir mais e absorver o que é bom. É falar o que se sente, quando possível. É usar suas habilidades para o bem. É cuidar bem da vida que Deus nos deu.
Viver é um mistério; desvendar é o nosso dever.
Viver é um sonho, que se torna realidade!
Ontem me peguei pensando em coisas que só o coração conhecia. A saudade que a escola vai fazer daqui a alguns anos, os tempos ociosos que eu não vou ter de agora em diante. As horas sem compromisso que passávamos entre uma aula e outra. O amor que eu sinto pela minha família, apesar de alguns tropeços na nossa relação. O medo que eu tenho do ano novo, a incerteza que se segue. O amor que eu sinto pelos meus amigos, que mesmo com a falta de contato, fazem parte do meu coração.
A vontade que eu tenho, de mudar as coisas, sempre pra melhor. A força que eu encontro quando me aproximo de Deus. A sensação gostosa que é ficar ao lado de alguém sem precisar preencher o silêncio com palavras soltas. A delícia que é ouvir uma risada de criança. A necessidade que eu sinto de ter e de dar carinho.
Bem, eu, da vida sei muito pouco ou quase nada. Eu procuro viver da melhor maneira possível, para que mais tarde, quando olhar pra trás, não me arrependa de nada, nem queira voltar atrás. Eu vivo o hoje, penso no ontem, e espero o amanhã.
Laíse Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi :) Fico feliz em ter você aqui. Eu adooro comentários! Pode escrever o que achou, vai me ajudar bastante! Obrigada, beijos.